Posts Tagged ‘twitter’

Belle and Sebastian escreve sobre o amor

09/09/2010

A banda fofa da Escócia – uma das minhas favoritas – está para lançar seu novo álbum, “Write about love”, e já liberou três músicas dele para nosso deleite. Eles puseram um webisódio (eita palavrinha feia) na rede, que mistura uma espécie de talk show, com entrevista e plateia, com alguma atuação dos membros da banda e a apresentação de duas das novas músicas: “I want the world to stop” e “I didn’t see it coming“. O áudio da faixa-título também já está disponível, como todo o resto, no Youtube. Gostei das três e fico sempre feliz em ver bandas que não perdem a manha. Abaixo vai a primeira parte do webisódio completo. Segunda e terceira parte podem ser vistas aqui e aqui. Coisinha bonitinha da mamãe.

Anúncios

Rapidinhas do Twitter II

16/07/2010

Só para constar, coisas interessantes que estão rolando na minha, sua, nossa rede social favorita.

1- O efeito Apple

O pessoal do blog P2P, do Estadão, achou um post bem legal no Mashable sobre as bandas que tiveram um empurrãozinho da Apple para divulgar suas músicas. Os iPods, MacBooks e toda a parafernália produzida pela empresa da maçãzinha cool são objetos do desejo de todo geek. Nada melhor do que associar sua canção a esses produtos. Bandas como Jet, The Ting Tings e até os brasileiros do Cansei de ser sexy se aproveitaram da ajuda ao servir de trilha sonora para os comerciais de alguns desses aparelhos. Dá para ver todos aqui. (via @link_estadao)

2- O filme do Facebook

A ideia de filmar a história do Facebook parecia bizarra desde a primeira vez que ouvi falar de “The social network”. Mas o filme me ganhou depois desse belo trailer e da versão fantasmagórica de “Creep” na trilha sonora. É filme adolescente, porém honesto. Com direito a intrigas e bastidores da vida real. Curti. (via @kaducastro)

3- Inception

Não se fala em outra coisa no noticiário cinéfilo. O novo filme de Christopher Nolan (o mesmo de “Cavaleiro das trevas”) estreou essa semana nos Estados Unidos e choveram boas críticas na imprensa mundial (tão boas que já estou começando a desconfiar. O blog de cinema do Guardian até fez um post sobre isso, aqui). No Twitter, dois links interessantes. Um é o prólogo da história, em formato de história em quadrinhos, disponível para sua leitura, querido leitor (via @leandrojmp). Outra dica é o vídeo abaixo, um trecho de cinco minutos do filme (via @papelpop).  Chega à Terra Brasilis em 6 de agosto.

Rapidinhas do Twitter

27/03/2010

Coisinhas interessantes que vi na grande rede mundial de informações nos últimos tempos.

1- Sofá bacana

Eu queria um desses na minha casa. Fato que iria economizar tempo procurando coisas perdidas. (via @bluebusbr)

2- Lost estilo 24 horas

Incrível esse vídeo que mostra a queda do vôo 815 em tempo real, dos vários pontos de vista que apareceram na série. Destaque para detalhes dos quais eu não me lembrava de jeito nenhum: Juliet prestes a mostrar um envelope importante em sua primeira aparição na série. Que era aquilo, gente? E Christian Shepherd falando com Vincent! Eu sabia que esse cachorro era importante… (via @ana_freitas)

3- Muleque playboy, funkeiro sexo anal

A Chatuba versão cantiga de ninar do Gregório Duvivier nem é tão engraçada. Mas a cara dele e a interpretação da, digamos, dicção do cantor original são sensacionais.   (via @URBe)

Gus Van Sant versão enigmática

20/03/2010

O cineasta Gus Van Sant está no Twitter desde abril do ano passado e posta no microblog regularmente uma coleção de frases meio enigmáticas e sem sentido. A crítica de cinema Isabelle Regnier, do Le Monde, resolveu listar em seu blog algumas das possíveis explicações para o estranho hábito do cineasta americano. Seriam frases de diálogos de um filme? Uma coleção de haikais? Uma piada com os fãs dispostos a venerar qualquer coisa que ele faça? Convite a um sonho meio maluco através de seu cinema? Ela acabou escolhendo a última opção e resolveu relacionar algumas das frases a cenas de filmes de Van Sant como “Elefante”, “Paranoid Park”, “Milk” e “Gênio Indomável”. Ficou bem interessante.

Alguns exemplos vão aí embaixo. Para ver todos, clique aqui.

“I was just like the others, I wanted to be more”

“I wonder if you’re working tonight”