Posts Tagged ‘Glee’

Apanhadão musical

19/04/2010

Sempre que rolam esses festivais incríveis, fantásticos e – até agora – absolutamente inatingíveis para mim, como Coachella e Glastonbury, fico tentando evitar as notícias para não morrer de inveja, ao menos durante os dias em que os festivais acontecem. Só hoje voltei a olhar o Google Reader e há uma quantidade imensa de notícias musicais, relacionadas ou não ao eventinho discreto na Califórnia. Muita coisa para escutar. Mesmo de férias, não dá tempo. Mas eu sigo tentando.

Quem acompanha o mundinho musical deve ter reparado que, ultimamente, só se fala em LCD Soundsystem. Cria da década 00, o grupo, encabeçado pelo americano James Murphy, é queridinho da cena indie desde que estourou com “Daft Punk is playing in my house“, single do primeiro disco. A música rapidamente virou hit nas pistas “alternativas” (ui, como odeio essa palavra) do mundo. A banda conseguiu, como poucas, superar o fantasma do segundo álbum. “Sound of silver”, de 2007, veio com a ótima (eu acho, pelo menos) “All my friends“. Agora, os rapazinhos se preparam para lançar o terceiro, que, adivinhem? Já caiu na internet.  Mas como James Murphy pediu pelamordedeus pros fãs não baixarem, não o farei. Aham, sou uma moça respeitadora das regras. No entanto, o Youtube já tem o videoclipe para “Drunk girls”, primeiro single do álbum, que sai em maio e vai se chamar “This is happening”. O clipe é des-vai-ra-do e, para mim, desde já um clássico. Dirigido por Murphy e, quem mais?, Spike Jonze. Já me vejo dançando a música…

Enquanto o LCD Soundsystem pede que a galera espere pelo lançamento do álbum, o Gogol Bordello colocou tudo no My Space para quem quiser ouvir. A banda do ucraniano Eugene Hutz lança “Trans-Continental Hustle” no final deste mês. Pelo que eu ouvi, é mais munição para as explosões divertidíssimas que são os shows do grupo. A brasilidade do vocalista, que tem casa no Rio e é figurinha fácil na Zona Sul, rendeu músicas com títulos como “Uma menina” e “In the meantime in Pernambuco”, em cuja letra só entendo que ele fala bastante de cachaça, hahaha. Ouve lá.

E seguindo a linha “quem é vivo sempre aparece”, o Blur resolveu lançar uma música sete anos depois de sua última gravação. Segundo a Pitchfork, o reencontro especialíssimo foi parte da celebração do Record Store Day (o dia das lojas de discos). Especial e limitado a apenas mil cópias. Junto com Oasis e Smashing Pumpkins, o Blur é a banda que me traz os anos 90 de volta. Meu sotaque favorito é ainda melhor quando sai dos lábios de Damon Albarn. Então vamos, todos juntos, ouvir essa belezinha que é “Fool’s day”:

Para finalizar, amanhã rola, nos EUA, o espisódio de Glee dedicado às músicas da Madonna. Sim, tô viciadinha em Glee. E tá um rebuliço na internet por causa desse episódio…. já vi tantos teasers que, não vai ter jeito, vou ter que baixar. Nesse link aqui dá para ouvir 30 segundos das versões deles para algumas das músicas. Acho que “Express yourself” vai ficar bem divertida. O teaser:

Acabei nem falando de Coachella, né? Melhor assim. Mas, para não fugir totalmente do assunto festivais, hoje saiu a lista de atrações de Glastonbury, que acontece em junho, na Inglaterra. Entre as bandas, uma tal de Os Mutantes. Oi? Sim, são os nossos Mutantes que, aparentemente, ainda existem. Lançaram um álbum no ano passado e a vocalista é uma tal de Bia Mendes! Vejam  na Wikipedia. Não pode ser bom isso, né?

*O crédito da foto lá em cima é desse cara aqui*

Anúncios

The big gang bang theory…

07/04/2010

Sem brincadeira, a indústria de filmes pornôs é fascinante (@oclebermachado feelings). Não sei se isso é grande novidade para quem acompanha os lançamentos, mas li ontem na internet sobre duas séries que eu adoro e que ganharam (ou vão ganhar) versões salientes. A notícia de “Big Bang Theory: a XXX parody” eu achei no Judão, que dá a sinopse resumida do filme: “Quando quatro gênios percebem que os únicos peitos que eles já viram foi em seus sonhos molhados com uma certa princesa espacial escravizada, eles fazem as contas e criam uma equação para atrair jovens ninfomaníacas. Com uma grande convenção de quadrinhos chegando, eles tem um curto espaço de tempo para testar a fórmula em sua linda vizinha Penny, suas gostosas colegas de trabalho e garotas safadinhas de cosplay”.

Já a versão de “Glee”, que vai se chamar “This ain’t Glee XXX”, será produzida pelo mesmo pessoal que administra a revista Hustler. Segundo a matéria do G1, os caras já fizeram uma paródia safada de “Star trek” e ainda planejam lançar uma inspirada em “Avatar”. Haja imaginação!

PS: Ok, confesso que escrevi esse post só para poder usar o título. Adorei o trocadilho! Rá!