Posts Tagged ‘casamento’

Espanando a poeira

05/11/2010

Será que finalmente consigo voltar à regularidade de posts? Os últimos tempos foram cheios de boas e péssimas notícias. Morte na família, uma mudança temporária de emprego, frilas intermináveis e, por fim, uma mudança definitiva de emprego. Tudo contribuiu para deixar às moscas o meu querido bloguinho. Mas calma, Brasil, que aos poucos o ritmo volta ao normal. Para começar devagar, vejam a historinha fofa que encontrei no Neatorama hoje.

Depois de vários dias imersa no assunto “quadrinhos” para conceber a matéria de capa de hoje do Rio Show (dá para ler aqui se você for assinante deste jornal de grande circulação onde eu trabalho), me deparei com o blog do Leigh Gallagher, um quadrinista inglês que resolveu pedir sua namorada em casamento essa semana. Mas em vez do tradicional jantar à luz de velas com direito ao rapazinho ajoelhado com a caixa da aliança na mão, ele resolveu apelar para os quadrinhos. Fofura master. Dá para ver a série de desenhos no blog dele. Ah, e a menina disse sim, claro.

Anúncios

E, no dia dos namorados… casamento!

12/06/2010

Para começar, uma confissão: acho casamento um negócio cafona. Não consigo gostar dessa coisa de vestido estilo bolo, bem-casados, arranjos de mesa, lembrancinhas, etc, etc. É verdade que ocasionalmente eu até acabo chorando. Mas uma cerimônia de casamento nunca esteve na minha lista de sonhos da vida, embora eu respeite as muitas mocinhas que cultivam esse desejo (cada uma com seu sonho… um dos meus é morar em Londres, o que alguém por aí também deve achar cafona).

Sem perder muito o fio da meada, o fato é que uma epidemia casadoira parece estar tomando conta dos meus amigos. Normal, vocês diriam. É a idade. Mas estar em contato com tantos preparativos de casamentos nos últimos tempos tem me chamado a atenção para este mundo. E, depois que a Gabi publicou no Tangerinnas umas fotos do pessoal do Our labor of love, fiquei obcecada com as tais imagens do casamento.

Nada daquelas poses clássicas, cenários conhecidos, padrinhos caretas. O estúdio capitaneado pelo casal Jesse e Whitney em Atlanta, nos EUA, é disparado o meu favorito. As três primeiras fotos do post são deles e do resto da equipe que compõe o Our labor of love. O que eles têm? Luzes incríveis e ideias bacanas de composição. Basicamente, é isso. Ainda que tenham sido necessárias horas de pose para conseguir o clique, o resultado é muito natural. E vendo álbuns de diversos casais, dá para notar a preocupação em captar um tanto da personalidade dos noivos, já que todos têm características diferentes. Então fica combinado assim: se um dia eu resolver aderir à cafonalha (ou só a uma parte dela), vou trazer Jesse e Whitney da gringolândia para fotografar. Basta desembolsar um mínimo de US$ 4.200…

Outro americano famoso por fotografias românticas e delicadas, Max Wanger tem alguns exemplares bem interessantes no seu site, como esse aí acima. Ele faz uma espécie de meio termo: tem foto do convite, das mesinhas de comida, tudo como manda o protocolo. Mas ele também põe os casais em paisagens lindíssimas ou inusitadas e faz fotos, inclusive, de festas de noivado ou de casais que simplesmente queiram colocar o amor em imagens, casando ou não.

Mas a criatividade por si só não garante boas fotos. Há quem pese tanto a mão que consiga estragar boas ideias. No caso das fotos do pessoal da altf, tanta produção faz as imagens parecerem uma espécie de catálogo de moda. Perde-se assim a naturalidade e o tal do sentimento que, acho eu, deveria ser visível em fotos de casamento. E volta a cafonice. Mas tenho que admitir: a foto inspirada no Mágico de Oz é foda. Vou querer no meu álbum.